Sotreq fornece kits de filtragem de óleo offline CJC à CSN

Edição: 
Nº 63

Sotreq fornece kits de filtragem de óleo offline CJC à CSN

Aumento da vida útil dos componentes hidráulicos é uma das vantagens

A Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) adquiriu da Sotreq os primeiros kits de filtragem de óleo offline CJC. A Companhia pôde comprovar a eficácia dos equipamentos durante uma bateria de testes realizada durante quatro meses ainda em 2019. Um dos principais benefícios apresentados é a redução dos custos de manutenção. 

“Quanto mais limpo o óleo estiver, menor será a possibilidade de falha. O sistema de filtragem CJC permite reduzir custos de manutenção dos ativos com falhas prematuras”, afirma o consultor de suporte ao produto da Sotreq Denis Moreira. Ele explica que cerca de 80% a 95% das falhas em sistema hidráulico estão relacionadas à sua contaminação. 

Denis atuou em conjunto com o coordenador de Engenharia Luís Gustavo e o consultor de Produto Denion Benedito para fechar a venda de nove kits para a CSN.  O trabalho para a entrega imediata dos quatro primeiros kits foi o resultado da sinergia das áreas de Engenharia, CDP de Carajás, Suporte ao Produto e CDP de São Gonçalo do Rio Abaixo. Todos os kits são para a Mina Casa da Pedra, em Congonhas (MG).  

 

Confira as vantagens com o uso do kit: 

- Redução drástica do desgaste abrasivo dos componentes do sistema hidráulico; 

- Extensão da vida útil do óleo; 

- Menor geração de resíduos líquidos devido à extensão da vida útil do óleo; 

- Aumento da vida útil dos componentes hidráulicos; 

- Redução dos custos operacionais; 

- Redução da possibilidade de contaminação do meio ambiente, com menos substituição de fluido. 

 

Kit para fluido hidráulico 

No caso da CSN, o KIT CJC foi instalado em uma planta (usina) e foi fixado ao lado do tanque hidráulico do CMAI. Assim, a filtragem ocorre 24 horas por dia. O sistema de filtragem CJC, no entanto, pode ser instalado em qualquer equipamento que contenha compartimento com fluido (motor diesel, trem de força, sistema hidráulico de implementos, eixos de tração etc.). São os chamados onboard. 

São vários os equipamentos da CSN já atendidos pela Sotreq para serviços técnicos de filtragem de óleo. São modelos variados de caminhões, carregadeiras, escavadeiras, tratores de esteira e motoniveladoras.  

“Atualmente fornecemos kits CJC para qualquer compartimento/sistema, desde motor que possui menor volume até hidráulico com alto volume de lubrificantes”, explica Denion Benedito, consultor de Produto da Sotreq, especialista em hidráulica da Unidade de Mineração. 

Daniel Christiann, da unidade de Filtragem de Rejeito da CSN, atesta a eficácia do kit. 

“A instalação do sistema foi muito efetiva, visando sempre a confiabilidade do ativo. Houve grande redução de indícios na contaminação de óleo das UH dos FP. A montagem do conjunto de diálise mudou o cenário, pois atualmente não temos problemas recorrentes como os que tínhamos no passado, além do aumento na vida útil das bombas hidráulicas. Tivemos uma grande evolução com a utilização do sistema CJC em nossa unidade CMAI CSN”, afirma. 

 

Comprimido de Aspirina 

Os testes feitos na CSN entre julho e outubro de 2019 resultaram na coleta de 848 gramas de contaminantes do óleo hidráulico. Para dimensionar o quão alta é essa quantidade, a equipe de engenharia da Sotreq faz a comparação com um comprimido de Aspirina. A quantidade de sujeira permitida em um tambor de 400 litros de óleo, pela ISO 16/13, é o equivalente a um comprimido. O total coletado durante os testes foi equivalente a 2.610 comprimidos. 

Os kits CJC são fabricados pela empresa dinamarquesa C.C.Jensen, líder mundial em tratamento de óleo. A companhia, há mais de 60 anos no mercado, é parceira da Sotreq há mais de 3 anos. 

 

MINERAÇÃO