De estagiário e trainee a engenheiro, Hernandes Viana cresce na Sotreq

Edição: 
Nº 63

De estagiário e trainee a engenheiro, Hernandes Viana cresce na Sotreq

Engenheiro de Performance conta como entrou na empresa e celebra crescimento profissional 

Ter a oportunidade de fazer um estágio em uma grande empresa é o sonho de muitos estudantes. Hernandes Viana alcançou esse objetivo depois ver um anúncio da Sotreq em uma rede social, se inscrever e passar por um processo de seleção que considerou bastante rigoroso. 

Mas a história desse piauiense de 29 anos com a Sotreq não parou por aí. Assim que o Programa de Trainee foi anunciado em 2019, subir mais um degrau passou a ser seu objetivo. Nesta entrevista, Hernandes, o Personagem Elo do mês de novembro, conta como foi a transição de um programa para o outro, também fala da sua rotina de trabalho e de como gosta de aproveitar o tempo livre.

ELO – Qual é a sua cidade natal, sua idade e onde mora atualmente?  

Hernandes – Nasci em Picos (PI) e tenho 29 anos. Moro em Parauapebas, no Pará.

ELO – Qual é a sua formação?  

Hernandes – Sou formado em engenharia elétrica.

ELO – Como e quando você conseguiu um estágio na Sotreq?

Hernandes – Soube do processo através de uma página do Instagram da minha cidade. Logo me inscrevi e foi uma alegria ter sido selecionado.

ELO – E como foi a passagem para trainee? Quando você começou o estágio, esse era o seu objetivo ou você nem imaginava que pudesse acontecer?

Hernandes – Desde que o programa retornou em 2019, este se tornou meu objetivo dentro da empresa. Eu já estava no meu segundo ano no estágio e busquei direcionar meus esforços para este programa. Fiquei muito feliz em ter essa oportunidade.

ELO – Como você vê a relação da Sotreq com seus estagiários e trainees?   

Hernandes – Considero uma relação desafiadora. Durante todo o processo, como estagiário ou trainee, meus gestores apresentavam constantemente desafios para meu crescimento profissional.

ELO – Você se imagina na Sotreq daqui a cinco anos?

Hernandes – Sem dúvida, a empresa é muito sólida. Em sua posição no mercado, na qualidade dos serviços, crescimento profissional. É difícil me enxergar fora da empresa.

ELO – Descreva suas atividades no dia a dia do trabalho. 

Hernandes – A rotina do Engenheiro de Performance é bastante dinâmica. Temos em Carajás a maior frota de escavadeiras a cabo do Brasil. Além do suporte em campo, diretamente com o cliente. Faço a análise dos indicadores de manutenção, gestão dos projetos direcionados a performance das máquinas, inspeções nos equipamentos, planejamento das grandes paradas, gerenciamento dos problemas de produto e desenvolvimento e aplicação de melhorias para a frota.

ELO – Quando não está trabalhando, o que gosta de fazer?

Hernandes – Ficar com a família. Tenho uma filha de 2 anos e tem exigido muito do meu tempo (risos).

ELO – Qual é o lugar mais interessante que você conheceu e qual ainda pretende conhecer? 

Hernandes – O Rio de Janeiro é sem dúvida o lugar mais incrível que já fui até hoje, oportunidade que inclusive a Sotreq me concedeu por conta do Programa Trainee.

ELO - Que tipo de música, cantor ou banda você mais gosta? 

Hernandes – A banda que mais escuto sem dúvida é a Casting Crowns.

ELO - Cite um filme que você considera inesquecível.

Hernandes – Paulo, o apóstolo de Cristo. Foi o filme que mais me marcou. Sou apaixonado pela biografia desse grande homem.

GRUPO SOTREQ