Projetos incentivados pela Sotreq, Somov e Soimpex

Projetos incentivados pela Sotreq, Somov e Soimpex

O trabalho realizado através dos projetos incentivados pela Sotreq, Somov e Soimpex, encontra a oportunidade de estreitar o vínculo essencial entre a empresa, seus funcionários e os envolvidos nessas ações. “Os projetos incentivados são um canal adicional para reforçar ou estabelecer um campo de diálogo com diferentes públicos e reforçar os valores corporativos”, explica Danielle Caria, analista de responsabilidade social.

Neste ano, são apoiados 12 projetos por meio de leis e programas com foco na cultura, na atenção aos Direitos da Criança e do Adolescente, no esporte, no cuidado com idosos, na prevenção e combate ao câncer e na prevenção e reabilitação de pessoas com deficiências. Conheça mais sobre cada um a seguir.

LEI ROUANET

• Orquestra Maré do Amanhã: aprendizado de música clássica para crianças e adolescentes como uma oportunidade de mudança de vida para os alunos.

• As Cores do Oceano: livro de poesias ilustrado com fotografias inspiradas nas lendas, folclore e espécies exóticas do fundo do mar do litoral brasileiro.

• Circuito Cultural: leva o teatro para escolas e comunidades abordando temas como meio ambiente, preconceito, diversidade e saúde.

• Toda Criança tem Direitos: uma peça infanto-juvenil que mescla o universo lúdico da arte com questões sobre os direitos da criança.

• Circuito Estradafora: projeto itinerante que promove a cultura por meio de espetáculos teatrais, cinema, música, dança, oficinas, artes plásticas e palestras.

LEI DE INCENTIVO AO ESPORTE

• Núcleos Futebol de Rua: promove a inclusão de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social na prática do futebol.

• Estação Conhecimento de Arari: utiliza os princípios de modalidades esportivas (atletismo, futebol, natação e judô) para desenvolver valores nos alunos.

• Tênis UNIPABE (União dos Paraplégicos de Belo Horizonte): forma e mantém praticantes de tênis em cadeiras de rodas na categoria masculina para participar de torneios nacionais.

FMDCA – Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

• Teclas que Transformam: realizada pela ONG Nisfram, a ação promove a acessibilidade e a inclusão social de surdos e de pessoas com deficiência auditiva por meio de acompanhamento, orientação profissional, colocação e recolocação no mercado de trabalho.

FUNDO DO IDOSO

• Hospital do Câncer de Barretos: como objetivo manter e atualizar a estrutura de atendimento aos pacientes idosos no Hospital.

PRONON – Programa Nacional de Apoio à Atenção Oncológica

• Programa Nacional de Radioterapia: viabiliza a formação de médicos e técnicos em radioterapia por meio de uma plataforma de ensino à distância.

PRONAS – Programa Nacional de Apoio à Atenção de Saúde da Pessoa com Deficiência

• Karatê Sem Barreiras: criado pelo Instituto Olga Kos Inclusão Social, promove aulas de karatê e taekwondo para crianças e jovens com deficiência intelectual e síndrome de Down.

Comentar