iSSO faz 14 anos e integra conceitos sociais e ambientais

iSSO faz 14 anos e integra conceitos sociais e ambientais

Instituto Sotreq reforça projetos para potencializar o que há de melhor no ser humano

 

O Instituto Social do Grupo Sotreq (iSSO) chega ao seu14º aniversário com uma mudança conceitual na forma de trabalhar assistência social integrada ao meio ambiente. Quem ganha com isso é a comunidade atendida em três estados, por meio dos projetos desenvolvidos, que refletem o propósito maior do instituto, o de potencializar o que há de melhor nas pessoas e nas instituições.

“Tratamos o investimento socioambiental com a visão integrada de questões sociais e ambientais. A visão de um organismo que coopera com algo maior”, analisa Rosa Cristina, analista de Responsabilidade Social do iSSO. O algo maior a que ela se refere inclui promover e apoiar ações que despertem a preocupação individual e coletiva, além de estimular práticas de educação ambiental e sustentabilidade, entre outras.

“Quando apoiamos, por exemplo, um projeto de horta educativa numa organização social, não temos como enxergar apenas a dimensão ambiental. Há uma dimensão social marcada pela possibilidade de complementação da alimentação das crianças e adolescentes com uma mesa mais farta e saudável. Há o efeito multiplicador do cultivo nas próprias residências e de geração de renda, promovendo melhoria da qualidade de vida dos beneficiários e da comunidade local”, explica Rosa.

Caminhos e colheitas

Essa compreensão aparece no relatório anual do instituto, referente a 2018. Dois capítulos do documento trazem o foco do trabalho: “Apontando Caminhos”, que relata os projetos desenvolvidos na formação profissional, e “Tempo de Colheitas”, que aponta o quão importante são as ações na área de meio ambiente.  Foram 254 pessoas que adquiriram formação profissional e 399 ações socioambientais - em 2018, o investimento em projetos sociais cresceu 56%.

A formação profissional sempre ganhou um olhar diferenciado em função de toda a riqueza de conexões que se estabelecem com a sinergia do negócio, seja através do compartilhamento de conhecimentos técnicos, da tecnologia ou voluntariado. São mais de 60 colaboradores e voluntários envolvidos, que fazem a diferença nos projetos.

 

Debate que promove mudanças

A mudança conceitual do trabalho do instituto surgiu pautada no debate acerca do chamado desenvolvimento socioambiental, que abrange problemas e processos sociais e a sua relação com o meio ambiente. Todas as ações do iSSO que não estão contempladas na linha de formação profissional são compreendidas dentro desta relação entre sociedade e meio ambiente.

A premissa do instituto Sotreq, sob a ótica de uma agenda mundial de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, é de que só se alcança isso a partir da harmonização entre crescimento econômico, inclusão social e proteção ao meio ambiente. Os três são fundamentais para o bem-estar dos indivíduos e da sociedade de maneira geral.

Sobre o iSSO

Criado em 9 de junho de 2005 com o propósito de valorizar o potencial humano e contribuir com a sustentabilidade, o iSSO tem sede no Rio de Janeiro e está presente com projetos e ações nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Pará.

Quem está desde o começo, se emociona ao falar das conquistas. “Tenho muito orgulho de cada resultado alcançado. Os principais desafios foram construir indicadores que refletissem a credibilidade e a transparência pelas quais sempre prezamos. O propósito do instituto é inspirador e sei o impacto que tem nas localidades em que atua. Seu diferencial, por vezes, emociona”, diz Raquel Marques, primeira secretária executiva e integrante do iSSO desde sua fundação.