Conheça a importância dos cuidados com as mangueiras Cat®

Conheça a importância dos cuidados com as mangueiras Cat®

A Sotreq adota todas as práticas de segurança e qualidade Caterpillar para substituição desse componente fundamental para o bom funcionamento e alta produtividade das máquinas

 

Ao observar uma máquina Cat® em ação, os principais pontos que chamam atenção são eficiência, versatilidade e robustez. Para atingir esses resultados, os detalhes fazem a diferença. Já parou para pensar na importância dos componentes responsáveis pelo perfeito funcionamento do seu equipamento? A Sotreq, sim. E orienta todos os seus clientes para que a instalação e a manutenção sigam todas as normas de segurança e qualidade Caterpillar. Um exemplo são as mangueiras.  

 

“O processo de fabricação de uma mangueira é diferente para cada tipo de equipamento. Porém, todas necessitam de cuidados e atenção para executar bem seu trabalho (conduzir os fluidos), sem causar nenhum tipo de problema, seja de contaminação ou de falhas”, explica o Analista de Produto da Sotreq Denion Benedito, especialista em hidráulica da Unidade de Mineração.

 

Transporte e Armazenamento

Os cuidados com as mangueiras começam no transporte e armazenamento, seguem pela montagem e prosseguem até a instalação nas máquinas Cat. A borracha que será utilizada para a montagem de uma mangueira deve ser acondicionada em embalagens originais para garantir proteção contra atritos. Também deve estar com ambas as extremidades devidamente vedadas. Isso é fundamental para evitar a entrada de qualquer tipo de contaminante, seja poeira, água, metais, óleo, entre outros.

 

“Ao receber a mangueira, ela deve ser acondicionada, de preferência, em tubo de PVC. Sempre que possível, é importante colocar o produto da forma mais reta possível. Porém, caso não seja possível, o indicado é manter a mangueira em sua embalagem original, respeitando sempre o limite de curvatura da mesma”, avisa Benedito, que completa: “uma borracha bem acondicionada, respeitando as condições climáticas, proteções e iluminação, pode ser armazenada por até cinco anos. Após sua montagem com os devidos terminais (conexões), pode ser armazenada no máximo por 2 anos”.

 

Montagem

O processo de montagem também exige que o conjunto completo receba todos os cuidados com relação à contaminação. Após corte da borracha, é de extrema importância realizar a correta limpeza interna para eliminar quaisquer partículas. “Em todas as montagens de mangueiras realizadas pela Sotreq, são feitas as devidas limpezas com projétil, o qual possui maior eficiência. Após finalizar esse processo, é indicado que se faça uma nova limpeza e, de imediato, as vedações de ambas as extremidades com tampas e lacres para assegurar que a mangueira permaneça sempre vedada até o momento da instalação”, afirma o analista de produto.

 

Assim como as mangueiras, as conexões devem ser embaladas com 100% de eficiência na vedação. Sejam acondicionadas de forma unitária ou em conjunto, essa medida visa evitar quaisquer entradas de contaminantes. O correto armazenamento é importante devido à necessidade de cuidado com os terminais, pois impactos e consequentes danos impossibilitam a sua utilização.

 

Instalação

Ao instalar uma mangueira nova Cat, a Sotreq sempre orienta que os instaladores observem as informações sobre a mangueira original que está sendo substituída. Os principais fatores a serem levados em conta são diâmetro interno, temperatura de operação, compatibilidade do fluido, raio mínimo de curvatura, pressão máxima de trabalho e condições ambientais. “Todas as mangueiras Cat são projetadas em conjunto e desenvolvidas de acordo com a necessidade do sistema de cada equipamento, portanto, é muito importante a utilização de todas as mangueiras originais, as quais seguem os mais rígidos testes e superam as exigências da norma SAE”, avalia Benedito.

 

O risco de contaminação também deve ser eliminado no momento da instalação e a substituição deve seguir os mesmos controles de segurança contra impurezas. O lacre e a tampa de uma extremidade somente devem ser retirados no momento exato de conectá-la ao sistema, local que também deverá estar devidamente limpo. Ao desconectar a mangueira danificada das conexões do sistema, a abertura desse sistema deve ser imediatamente vedada com as devidas tampas, evitando a possibilidade de entrada de quaisquer contaminantes.

 

“Sabe-se que entre 75% e 85% das falhas em um sistema hidráulico são causados pela contaminação que pode danificar as bombas e que estão entre os componentes mais caros de um sistema hidráulico e geralmente não podem ser reparadas. Por esse motivo, é fundamental promover o controle de contaminação. Além de elevar o custo de manutenção por causa da necessidade de substituição de bombas e outros sistemas, haverá ainda uma enorme queda de produtividade dos equipamentos, já que seus operadores somente perceberão esse problema após a redução de pelo menos 20% de eficiência da máquina operada”, finaliza o Analista de Produto da Sotreq Denion Benedito.

 

 

Comentar